Ainda sobre o programa do PT na TV (dia 5)

10/05/2015 at 12:47 (*Liberdade e Diversidade, Hermano de Melo)

 

Lula-TV-PT-5maio2015Lula no programa do PT no dia 05/05/2015

hermano-de-melo-esta3Hermano Melo*

10/05/2015

É bem provável que descontada uma ou outra impropriedade, o Partido dos Trabalhadores (PT) realizou no último dia 5/5 um de seus melhores programas de TV. E isso não se deve a qualquer truque de marketing daqueles que o organizaram. A mensagem foi direta, o programa se revelou sóbrio, enxuto, objetivo, e deixou claro para os que o assistiram quanto o Brasil evoluiu no aspecto social nos últimos 12 anos a partir dos governos do PT – especialmente nos dois mandatos do ex-presidente Lula e nos quatro primeiros anos da presidente Dilma Rousseff.

Assim, foi possível relembrar com a fala do ex-presidente Lula (principal protagonista da noite), quanto o Brasil avançou em relação, por exemplo, aos 42 milhões de brasileiros que ascenderam na escala social devido à implementação de programas como o Bolsa Escola, Minha Casa – Minha Vida, Reforma Agrária, ampliação de vagas nas Universidades e Escolas Técnicas, e outros.

panelaçoEvidente que esse não foi o caso para os que estavam envolvidos com o protesto do ‘Panelaço’ – ato de bater e chocalhar panelas em milhares de residências Brasil afora durante a exibição do programa – que não estavam nem aí para o que estava sendo dito e mostrado na TV. E isso aconteceu mesmo quando se mostrou os esforços do PT no sentido de combater a corrupção que, segundo os apresentadores do programa, atinge um percentual mínimo dos que fazem o Partido dos Trabalhadores.

Como disse a colunista do jornal 247,Tereza Cruvinel, no dia seguinte à exibição: “O programa do PT exibido ontem (5) expressa uma mudança importante na relação do ex-presidente Lula e do próprio partido com o governo da Presidente Dilma Rousseff, ou seja, prevaleceu a prioridade de se resgatar a imagem do PT junto a sua base histórica no momento mais difícil do partido”. E completou: “Lula passará agora a trilhar um novo caminho em que agirá mais como o Lula histórico e menos como patrono do governo Dilma”.

O problema maior, porém, não foi em relação ao programa do PT propriamente dito, mas sim com a sensação de ‘Déjà vu’ que ele ensejou ao mostrar o ex-presidente Lula como garoto-propaganda e provável candidato do PT à Presidência da República em 2018. Ora, se atualmente o Partido dos Trabalhadores e seus aliados enfrentam sérias dificuldades em prosseguir com o modelo supostamente mais à esquerda do espectro político, é difícil apostar em mais uma candidatura Lula e do PT nos próximos anos pós-Dilma.

Dessa forma, a despeito da qualidade e do aspecto “clean” do programa do PT na TV, terça-feira última, e da presença do ex-presidente Lula como garoto-propaganda da legenda, o Partido dos Trabalhadores deveria ter apresentado novas lideranças políticas pós-Lula e pós-Rui Falcão, que pudessem galvanizar novamente a esquerda brasileira para o patamar que ela merece a partir de 2018.

Mas como foi dito aqui e alhures, os políticos assim como as estruturas metálicas na construção civil se desgastam e enferrujam. Daí a necessidade tanto de uns como de outras de serem substituídos de vez e sempre, para se manter “o bonde andando” na direção certa. É isso que precisa ser dito com todo cuidado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

*Jornalista e escritor

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: