As Armas e o Povo: 40 Anos da Revolução dos Cravos (Portugal)

25/04/2015 at 11:17 (*Liberdade e Diversidade)

25 ABRIL 2015

No dia 25 de abril de 1974, há exatos 40 anos, eclodia a Revolução dos Cravos em Portugal, concluindo um longo processo de lutas que foi responsável pela derrubada do regime ditatorial do Estado Novo, de inspiração fascista e vigente desde o ano de 1933, quando ascendeu ao poder Antonio de Oliveira Salazar.

O movimento foi liderado por militares descontentes com a guerra colonial portuguesa na África, composto majoritariamente por capitães, que ficaram conhecidos como os “Capitães de Abril”. O Partido Comunista Português (PCP), sob a firme liderança de Álvaro Cunhal, teve participação decisiva na luta contra a ditadura, assim como outros grupos socialistas, razão pela qual, logo após a queda do regime autocrático, conquistou-se uma Constituição, aprovada em 25 de abril de 1976, com grande influência das forças democráticas e populares.

Mas a orientação socialdemocrata imposta pelo partido de Mario Soares (PS) acabou por promover um retrocesso às conquistas iniciais, abrindo espaço para a afirmação da hegemonia burguesa e para o avanço do capitalismo monopolista no país.

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: