Entrevista: “A passagem (dos indígenas) de tutelados para cidadãos não ocorreu de forma efetiva”

19/04/2015 at 13:26 (*Liberdade e Diversidade) ()

mpf-msmpf 2

mpf 3

mpf4

 No Dia do Índio, o procurador que atua na área indígena no MS, fala sobre os vários problemas e poucas conquistas das etnias

Hoje, Dia do Índio, é uma boa oportunidade para saber, por exemplo, que em Mato Grosso do Sul vivem 80 mil pessoas distribuídas em sete povos indígenas. A informação é apenas uma das várias vindas de uma autoridade no assunto, o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida, do Ministério Público Federal (MPF) de MS e que atua em Dourados. Nesta entrevista, ele fala, entre outras coisas, sobre a situação destas etnias no Estado, demarcação e posse de terras, mortes e ações em conjunto com o governo estadual. Ver entrevista completa com o Procurador Marco Antônio Delfino de Almeida na reportagem especial de Cristina Medeiros no jornal Correio do Estado de hoje (19). 

http://www.correiodoestado.com.br

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: