Mais trapalhadas políticas (Leitura vespertina)

06/04/2015 at 16:12 (*Liberdade e Diversidade)

quem-nos-meteu-nesta-trapalhada

Landes PereiraLandes Pereira* /Jornal O Estado MS

6/4/2015

A presidente Dilma provocou uma trapalhada com a minirreforma ministerial da semana passada. Para substituir o jornalista Thomas Traumann na Secretaria de Comunicação Social, nomeou o ex-prefeito de Araraquara e ex-tesoureiro de sua campanha Edinho Silva. O sociólogo Edinho é da mesma corrente que o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, defensor do projeto de regulação e controle social da mídia.

A verba de publicidade do governo, estimada em R$ 200 milhões para 2015, continuará sendo administrada por Roberto Messias, que permanece na Secom desde os tempos de Franklin Martins. O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Luiz Azevedo, também não esconde seu autoritário projeto de auditar a contabilidade das emissoras de rádio e TV particulares.

O presidente da Câmara indicou o ex-deputado Henrique Eduardo Alves para o ministério do Turismo, no lugar de Vinicius Lages, afilhado político de Renan Calheiros. Dilma impôs a condição de obter o apoio dos deputados federais do PMDB ao pacote fiscal e à política de reajuste de aposentadorias – não recebeu resposta.

O presidente do Senado, irritado, exigiu o Ministério das Cidades, mas aceita o Ministério da Integração Nacional para um político de seu grupo, como compensação. O ex-presidente Lula e o vice-presidente, Michel Temer, apoiaram essa pretensão. Entretanto, o caso mais sério está na pasta da Educação ocupada pelo professor Renato Janine Ribeiro, titular da disciplina “Ética e Filosofia Política” da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. O professor cursou filosofia e doutorado na USP, fez o mestrado na Universidade de Paris e é cultuador das opiniões do filósofo inglês Thomas Hobbes, que defendia a ideia de que os homens só podem viver em paz se concordarem em submeter-se a um poder absoluto e centralizado.

landes

Renato Janine

Renato Janine foi diretor de Avaliação da Capes, cargo de quarto escalão na estrutura organizacional do governo. Também foi membro da diretoria da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, disputando a presidência da mesma – perdeu. É autor de vários livros e ensaios, onde defende ideias absolutistas que o aproximam de Edinho e Berzoini.

O substituto de Cid Gomes, antes de se reunir com a presidente, reuniu-se com Lula. Ele tem como desafio a implementação do Plano Nacional de Educação, sancionado em 2014. O orçamento do MEC sofreu cortes, e seus principais programas foram enxugados radicalmente. Por outro lado, dificilmente receberá apoio no Congresso Nacional, considerando que fez duras críticas aos presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha e Renan Calheiros.

Janine tem a língua solta e atirou para todos os lados, sobrando até para seu partido – disse que “o PT era o partido da ética e relaxou no combate à corrupção”– e para a presidente Dilma: “a presidente não é a mais fácil do mundo em termos de gestão, direção etc. Os ministros continuam tendo as orelhas puxadas cada vez que falam uma coisa de que ela não gosta”.

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em São Paulo, falando para um grupo de ex-alunos da Escola de negócios da Universidade de Chicago, criticou Dilma dizendo: “acho que há um desejo genuíno da presidente de acertar as coisas, às vezes, não da maneira mais fácil, não da maneira mais efetiva, mas há um desejo genuíno”.

Mesmo assim, Levy tornou-se o principal articulador político do governo e, periodicamente, despacha com o presidente da Câmara e com o presidente do Senado. Com esses ministros, a presidente Dilma não necessita de oposição.

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: