Popularidade de Dilma, Alckmin e Haddad despenca, diz Datafolha

08/02/2015 at 15:54 (*Liberdade e Diversidade)

AA989GX© Estadão

08/02/2015

Pedro Venceslau / Estadão

A presidente Dilma Rousseff (PT), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) sofreram uma forte queda de popularidade e estão hoje com índices similares ou até piores do que os registrados após os protestos de junho de 2013, quando os políticos foram os alvos principais das manifestações de rua.

No momento em que a Petrobrás enfrenta sua pior crise e membros do PT são citados na Operação Lava, Dilma caiu de 42% de ótimo/bom em dezembro para 23%, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado, 7. Por outro lado, 44% dos entrevistados disseram que o governo dela é ruim ou péssimo – em dezembro, eram 23%.

Dos três, Alckmin é o único a ter saldo positivo ao se considerar os índices de ótimo/bom e ruim/péssimo, mas os números indicam que a crise hídrica abalou a imagem do tucano. O governador é considerado ruim ou péssimo por 24% dos paulistas, ante 17% no levantamento anterior, e perdeu 10 pontos de aprovação em relação a outubro: de 48%, o porcentual caiu para 38%. O índice é o mesmo registrado imediatamente após os protestos de 2013, quando Alckmin e Haddad se viram obrigados a cancelar o aumento das tarifas de trem/metrô e de ônibus, respectivamente. Esses preços foram reajustados no fim de 2014.

Haddad, por sua vez, oscilou dentro da margem de erro entre os que consideram ótimo ou bom prefeito, e agora tem 20% (ante 22% em setembro). Em contrapartida, os paulistanos que o consideram ruim ou péssimo agora somam 44%, 16 pontos a mais que no último levantamento.

Petrobrás. Mais da metade dos entrevistados 4 mil entrevistados pelo Datafolha, entre os dias 3 e 5 de fevereiro em 188 municípios do País, consideram que Dilma sabia dos casos de corrupção na Petrobrás. Para 52%, a presidente sabia e deixou que os desvios ocorressem, enquanto 25% acreditam que ela sabia, mas não poderia fazer nada para evitá-la. Apenas 14% dos brasileiros acham que Dilma não sabia do esquema investigado pela Operação Lava Jato. Segundo a pesquisa, 86% dos entrevistados estão informados sobre as prisões de empreiteiros pela Polícia Federal e 82% consideram que a corrupção descoberta pela Lava Jato prejudica a Petrobrás – desses, 45% acham que o futuro da estatal está em risco.

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: