Prefeitura recapeia ‘buracos-fantasmas’ em Campo Grande, MS

28/01/2015 at 09:56 (*Liberdade e Diversidade)

28 de janeiro de 2015

Alisson Dagher e Alessandra Marimon / O Estado MS

Enquanto em alguns bairros de Campo Grande os buracos continuam aumentando e trazendo dores de cabeça aos condutores, outras ruas que estão com asfalto em boas condições têm recebido obras de recapeamento. É o que mostra um vídeo que circula na internet, supostamente gravado no último dia 22 de janeiro. No registro, trabalhadores estão “tapando” buracos inexistentes em uma via da Capital. O fato revoltou a população e gerou diversos questionamentos nas redes sociais.

A gravação, feita logo após as 13h, mostra um caminhão do serviço de tapa-buracos parado, próximo a uma esquina. Um trabalhador aparece e demarca a área onde um ‘buraco’ deveria ser tapado, mas no local não há nenhuma falha na pista. O caminhão então se aproxima do “buraco fantasma” e a manta asfáltica é jogada em cima dele.

No Facebook, campo-grandenses estão revoltados com o trabalho sem objetivo. “Com tanto buraco existente vai tapar logo os que não existem? Viva a prefeitura!”, comentou um internauta. “Seria cômico se não fosse caro!!!! Sai do nosso bolso!!!! Palhaçada!!!!”, opinou outro.

Buracos em bairros da Capital permanecem abertos

Não é pequeno o número de bairros de Campo Grande que sofrem com o aparecimento de buracos, que tendem a aumentar com as chuvas. No bairro Aero Rancho – região sul – por exemplo, moradores reclamam do descaso com as vias públicas que, além de apresentarem diversos buracos, também padecem de sinalização de trânsito.

O encanador industrial, Edvaldo Batista, 56, reclama dos buracos que estão há mais de dois meses na rua Canutama. “Eles só jogam terra, no máximo, massa asfáltica, mas não limpam e os buracos sempre voltam a aparecer”, diz. Segundo ele, o efeito pode ser visto em toda a região do bairro. “Aqui sempre tem acidente, ou por causa de buraco, ou por falta de sinalização”, comenta.

Já na rua Beneditinos, do bairro Ipiranga, que apresenta diversos buracos, o autônomo Adolfo Francisco da Silva, 68, é da opinião de que a culpada é a má administração pública. “Para todo lado que você olha, vê buraco, e a prefeitura nunca faz nada. Já cansei de ver acidente aqui, eu mesmo já quebrei a roda da minha moto. E não é só aqui, em qualquer lugar da cidade tem que ter cuidado”, afirma.

No fim do ano passado, o jornal O Estado MS apurou que o município gasta aproximadamente R$ 5 milhões por mês em obras tapa-buraco pela cidade. A reportagem entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Campo Grande e aguarda um posicionamento sobre o vídeo.

***

*Comentário do blog: É mole?

*****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: