O boto cor-de-rosa em seu habitat natural

15/10/2014 at 22:16 (*Liberdade e Diversidade)

Publicado em 02/10/2014

Estes simpáticos animais da Amazônia encontram-se ameaçados pela caça ilegal. Milhares de botos cor-de-rosa são mortos todos os anos na Amazônia para virar isca de peixe e você pode fazer a diferença. Assine já http://bit.ly/euprotejoboto

***

*Comentário do blog: Vamos assinar,People. Os botos cor-de-rosa precisam de nossa proteção. Assinem a petição! Abraço a todos, Hermano.

*****

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário

Ibope/Datafolha: empate técnico permanece entre presidenciáveis

15/10/2014 at 21:46 (*Liberdade e Diversidade)

eco-06102014-dilma-aecio-ecod

15 de outubro de 2014

Terra / Ibope

Nos votos válidos, Dilma aparece com 49% dos votos e Aécio com 51%

Foto: Paulo Whitaker (L), Washington Alves / Reuters

Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) continuam empatados tecnicamente no segundo turno das eleições para a Presidência da República, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira. O candidato tucano passou de 46% no levantamento anterior para 45% das intenções de votos, enquanto a petista variou de 44% para 43% – a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Ainda de acordo com o levantamento, 7% dos entrevistados optaram pelo voto nulo ou em branco e 5% não souberam responder.

Considerando apenas os votos válidos, a pesquisa apontou Aécio com 51% da preferência dos eleitores e Dilma, 49%, exatamente o mesmo resultado do levantamento anterior.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. Foram entrevistados 3.010 eleitores em 204 municípios entre os dias 12 e 14 de outubro. Com nível de confiança de 95%, a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01097/2014.

SAIBA MAIS

Datafolha: Aécio e Dilma mantêm empate técnico

Acusações entre Dilma e Aécio no debate viram memes na web

Jornal Nacional cancela entrevistas com Dilma e Aécio

***

Datafolha: Aécio e Dilma mantêm André e Dilmaempate técnico

Nos votos válidos, Dilma tem 49% e Aécio 51%

Foto: Eco Desenvolvimento

15 de outubro de 2014

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira mostra Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) empatados tecnicamente.

O levantamento apontou que 45% dos entrevistados dizem votar no candidato tucano para a Presidência da República, enquanto 43% optaram pela petista. Brancos e nulos somaram 6% e não souberam responder também 6%.

Levando em conta apenas os votos válidos, Aécio obteve 51% da preferência dos entrevistados, ante 49% de Dilma, o mesmo resultado da pesquisa anterior. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, o que coloca os candidatos em empate técnico.

A rejeição de Aécio aumentou em relação ao levantamento anterior, passando de 34% para 38%, enquanto a de Dilma baixou um ponto percentual, de 43% para 42%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo.

Foram entrevistados 9.081 eleitores em 366 municípios brasileiros. Com nível de confiança de 95%, a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01098/2014.

SAIBA MAIS

Governo Dilma tem 39% de aprovação, dizem Ibope e Datafolha

Jornal Nacional cancela entrevistas com Dilma e Aécio

Debate: frente a frente, Dilma e Aécio fogem do olho no olho

 

*****

Link permanente Deixe um comentário

Indígenas do MS depõem pela terceira vez na Comissão da verdade

15/10/2014 at 17:14 (*Liberdade e Diversidade)

Audiencia pública em Dourados (2ª)Depoimentos de vítimas da ditadura serão colhidos em audiência na aldeia bananal (Aspecto da 2ª audiência em Dourados,MS)

15 de outubro de 2014

Diário Digital / Da redação

Indígenas vítimas da ditadura no Mato Grosso do Sul vão depor pela terceira vez à CNV, MPF-MS e UFGD apuram violações de direitos humanos relacionadas à luta pela terra ou cometidas contra os povos indígenas de Mato Grosso do Sul no período de 1946 a 1988.

A terceira audiência do grupo de trabalho “Graves violações de Direitos Humanos no campo ou contra indígenas”, da Comissão Nacional da Verdade, em Mato Grosso do Sul, será no próximo dia 17 de outubro, na Aldeia Bananal, em Aquidauana, cidade a 150 km da capital, Campo Grande.

Durante toda sexta-feira (17/10), de 7h30 às 17h30 (horário local), serão coletados depoimentos de indígenas Terena, a segunda maior etnia que habita o estado. Estarão presentes a psicanalista Maria Rita Kehl, membro da CNV responsável pela apuração de graves violações de direitos humanos contra indígenas e camponeses, os procuradores da República Emerson Kalif Siqueira e Marco Antônio Delfino de Almeida, além de índios Terena de diversas aldeias.

 A sessão será coordenada pelo doutor em educação Neimar Machado de Souza, professor da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Os indígenas irão falar sobre episódios de violência ocorridos antes e durante a ditadura militar, como assassinatos, expulsão de territórios tradicionais e confinamento em pequenas reservas.

As duas primeiras tomadas de depoimentos sobre violações de direitos indígenas foram realizadas no final dos meses de fevereiro e abril, na Universidade Federal da Grande Dourados. Na primeira, foram ouvidos indígenas de cinco diferentes comunidades guarani e guarani-kaiowá do Mato Grosso do Sul e a segunda contou com a presença das etnias guarani-ñandeva, guarani-kaiowá, terena, kinikinau, ofaié-xavante e guató, todas de Mato Grosso do Sul.

Durante os relatos, os índios contaram os abusos sofridos como assassinatos, remoção forçada ou sob coação de suas terras tradicionais, perseguições, prisões ilegais, estupros, trabalhos forçados ou em condições de semi-escravidão.

Leia mais em: http://www.diariodigital.com.br/geral/indigenas-depoe-na-comissao-da-verdade/120898/

****

Link permanente Deixe um comentário

No calor do MS, até os bichinhos tem direito de se refrescar

15/10/2014 at 16:39 (*Liberdade e Diversidade)

cras00Jabutis não saem da água e são mimados pela equipe do Cras (Foto: Luciano Muta)

No Cras, animais recebem atenção especial no tempo quente

15 de outubro de 2014

Dayene Paz  /  Diário Digital MS

cras6

Tá quente, não é? E nesse tempo, os animais do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) recebem um carinho todo especial. É banho pra todo lado. A bióloga Maria Izabel Rossi acompanhou a equipe do Diário Digital em um breve passeio no local e explicou como funciona o acompanhamento aos bichinhos na época mais quente do ano.

cras1Para amenizar um pouco o calor, nas grades da jaula, são colocadas folhas de bacuri, que impedem a entrada do sol. “A gente usa as folhas de bacuri, porém agora estamos na fase da troca das folhas, as mangueiras de neblina que deixamos ligadas direto no quintal para dar uma melhorada no ar e também as bacias para que eles tomem banhos”, explica a bióloga. Tudo é trocado constantemente e limpo pela equipe do Cras.

cras-1

Dois tucanos, vítimas de cerol, fazem a festa no banho. “Ele chegou aqui com a asinha por um fio e acabou perdendo a asa direita, já se recuperou e vai para a adoção essa semana”, fala Maria. A anta, então, nem se fala. “Chega no final do dia a gente só vê a cabecinha delas na água, só saem para comer mesmo”.

cras0

A jaula onde ficam as duas araras azuis em recuperação também tem a água trocada com frequência. “A equipe vem aqui e limpa todo o local para manter a água fresquinha. O trabalho é redobrado, mas é compensador ver a alegria deles”, comenta a bióloga.

Os jabutis também se acabam no banho. Segundo a bióloga, eles sentem bastante o calor e necessitam de muita água. Por isso na jaula, foi colocado um recipiente só para eles se refrescarem. “Como são animais de áreas alagadas, então é a nossa maior preocupação, que tenha água pra eles o tempo todo”, conta.

cras5

A bióloga disse que um dos animais que mais se refresca nesse calor é a ariranha. Assim que viu a equipe, uma delas começou a fazer festa na água. “Esse é animal que toma banho direto, então sempre estamos trocando a água deles”. Os animais em treinamento de voo no Cras também não ficam de fora. Na maior parte são papagaios. “A mangueirinha fica ligada para eles”.

cras3

Maria Izabel explicou que dos animais em recuperação no Cras, o que mais sente o impacto do calor é a onça. “O limpador vai lá, limpa o recinto, troca a água e coloca a comida. Isso é feito com mais frequência já que é o animal que mais sente esse calor. Agora as que estão em recuperação aqui estão dormindo, porque é um animal noturno, mas no entardecer ela sai”, explica.

 Alguns animais do Cras permanecem no local até a recuperação e depois são soltos na natureza. Ao todo, 68 fazendas de Mato Grosso do Sul estão cadastradas no Cras para receberem esses animais.

Leia mais em:

http://www.diariodigital.com.br/geral/no-calor-ate-os-bichinhos-tem-direito-de-se-refrescar/120897/

*****

Link permanente Deixe um comentário

Será que o Armínio Fraga “abjurou”? (Leitura da tarde)

15/10/2014 at 15:37 (*Liberdade e Diversidade)

arminio-fraga-thumb1Leitora de “Outras Palavras” sugere pesquisa: ao assumir cidadania norte-americana, “candidato” a ministro da Fazenda de Aécio terá renunciado à condição de brasileiro? 

Publicado em 14 de outubro de 2014 por Redação

Por Raquel Praça

Meu marido de 75 anos é americano. Um dia ele quis que eu virasse cidadã americana porque nossas vidas ficariam mais fáceis assim nos Estados Unidos. Tudo bem, concordei. Estivemos num advogado para isso. Preenchi um formulário até ler no parágrafo final que tinha que “abjurar” o Brasil, jurar lealdade aos EUA. Rasguei o formulário e disse ao advogado que nunca assinaria aquilo. Ele me disse que era só uma coisa pró-forma, que existiam muitas pessoas com dupla nacionalidade. Recusei-me terminantemente a “abjurar” meu país e nunca mais fui atrás disso, mesmo depois de me dizerem que essa tal de abjuração tinha sido abolida do texto.

Minha pergunta agora é: Quando foi que Armínio Fraga virou cidadão americano? Será que foi no tempo do “abjurar”? Imagina ter alguém no governo brasileiro que tenha assinado embaixo um “abjurar” daqueles. Por, isso sugiro que os leitores e colaboradores do Outras Palavras façam uma pesquisa a respeito. Acho que valia a pena publicar o documento antigo do “abjurar” (não deve ser muito difícil consegui-lo, há muitos brasileiros com dupla cidadania que devem ter cópia do que assinaram) e descobrir em que ano — e, especialmente, em que condições — que Armínio tornou-se cidadão americano.

*****

Link permanente Deixe um comentário

Imagem do dia: O calor de Ipanema – RJ

15/10/2014 at 13:07 (*Liberdade e Diversidade)

Imagem do dia - Calor em Ipanema - RioCalorão no Rio de Janeiro: Calçadão de Ipanema ficou movimentado (13/10); ( Foto: Ellan Lustosa / Futura Press). Supimpa!

*****

Link permanente Deixe um comentário

SP: interior marca 40°C; nível do Cantareira cai para 4,3%

15/10/2014 at 12:58 (*Liberdade e Diversidade)

download

Não há previsão de chuva intensa na região Sudeste por pelo menos cinco dias

15 de outubro de 2014

Terra / Agência Brasil

O nível do Sistema Cantareira apresentou mais uma queda passando de 4,5% para 4,3% nessa quarta-feira, registrando a pior marca de sua história. Com temperaturas acima dos 40°C nos últimos dias, fica ainda mais crítica a situação dos seis reservatórios que abastecem 6,5 milhões na Grande São Paulo e em parte do interior. Não há previsão de chuva intensa na região Sudeste por pelo menos cinco dias.

Veja vídeo de aproveitamento do volume morto:

http://p1.trrsf.com.br/playerttv/ganesha-backend/iframe.html?country=br&contentid=7632165

Segundo o Centro de Previsão do Tempo e de Estudos Climáticos (Cptec), nessa quarta podem ocorrer pancadas de chuva no sudeste e leste de Minas Gerais e no leste de São Paulo, que inclui a capital paulista, mas as precipitações deverão ser bem isoladas e de fraca intensidade. Na quinta, a nebulosidade aumenta sobre o sul de Minas Gerais, onde estão situadas as nascentes que ajudam a alimentar o Cantareira, e até podem ocorrer chuviscos – insuficientes para resolver o problema da crise hídrica.

Com o calor e a estiagem prolongada a população do interior também vem enfrentando desconfortos. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta terça os termômetros indicaram temperaturas acima de 40 °C em seis cidades paulistas: Valparaíso (40,6°C), Lins (40,5°C), Barretos (40,3°C), Pradópolis (40,2°C); Barra Bonita (40,1°C) e José Bonifácio (40°C) .

Em Franca e São Simão, na região de Ribeirão Preto, foram registrados os maiores níveis dos últimos 53 anos. As máximas atingiram 39,5°C em São Simão e 36,2 °C em Franca. Na capital paulista a máxima ficou em 30,8°C ante 35,9°C na última segunda-feira.

SAIBA MAIS:

Presidente da Sabesp diz que CPI sobre água é “teatrinho”

SP: nível do Cantareira cai para 4,5% e bate novo recorde

Após manifestação, caminhão-pipa leva água ao povo de Itu

SP tem um registro de incêndio a cada 8,5 minutos

A crise no sistema Cantareira

Agência Brasil

*****

Link permanente Deixe um comentário

Xico Sá explica sua saída da Folha

15/10/2014 at 12:00 (*Liberdade e Diversidade, Hermano de Melo)

Xico Sá“É muito desequilíbrio. É praticamente jornalismo de campanha. Não cobertura. (…) Esse episódio, aliás, não é político — é ridículo se pensamos na grandeza da vida”.

Por Xico Sá, em sua página no Facebook

by Redação

Caríssimos amigos & leitores, pretendia nem mais falar desse assunto, mas devido à forma como se alastrou – rizomáticos riachos e riachinhos delleuzianos & gonzaguianos em busca do velho Chico em anos de bom inverno no Navio e no Pajeú –, creio que devo alguma satisfação na praça, além dos “pinduras” morais e existenciais de sempre. Valha-me meu bom Deus, viver é dívida, canelada e dividida de bola.

Como só os galãs vencem por nocaute, procurarei, mal-diagramado por natureza que sou, triunfar nessa luta por pontos, minando, nas cordas do ringue ideológico, vosso juízo emprenhado pelas redes sociais. Vamos lá; Read more of this post

***

*Comentário do blog: Vale a pena dar uma lida na entrevista completa de Xico Sá. Têm horas que é preciso ter coragem para falar de certas coisas…Foi o que ele teve. Parabéns, Xico Sá!

*****

Link permanente Deixe um comentário

Debate da Band: Aécio e Dilma trocam acusações no debate “mineiro”

15/10/2014 at 11:29 (*Liberdade e Diversidade)

Debate na BandAécio e Dilma se enfrentam em primeiro debate do 2º turno

O programa foi dividido em cinco blocos, em que os candidatos discutiram temas como: programas sociais, inflação, emprego, corrupção, segurança e violência contra a mulher

Debate da Band teve poucas propostas e trocas de farpas; temas envolvendo Minas Gerais dominaram perguntas e respostas

15/10/2014

Fernando Diniz / Terra

Os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) travaram um embate com mais acusações que propostas no primeiro encontro do segundo turno, promovido pelo Grupo Bandeirantes na noite desta terça-feira (14). A gestão do tucano em Minas Gerais, entre 2003 e 2010, foi explorada pela presidente e dominou as quase duas horas de perguntas e respostas.

O modelo de perguntas livres, sem temas pré-determinados ou perguntas de jornalistas, facilitou a troca de farpas entre os candidatos ao Palácio do Planalto. Preparados para responder perguntas sensíveis, Dilma e Aécio usaram respostas automáticas já apresentadas em outros debates, mas evitaram ficar na defensiva, partindo para contra-ataques.

Além de invocar a derrota de Aécio em Minas – Dilma foi a mais votada no Estado -, a candidata à reeleição manteve a estratégia de comparar os 12 anos de governos do PT com os oito da gestão de Fernando Henrique Cardoso. Aécio, por sua vez, tentou explorar a atual situação da economia brasileira, citar denúncias de corrupção e apresentar ideias de FHC como embrião de políticas sociais do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma abriu o confronto com uma pergunta sobre saúde pública. Ela criticou a oposição pelo fim da CPMF, pela postura com relação ao programa Mais Médicos e colocou Minas Gerais no debate ao acusar Aécio Neves de não cumprir metas de investimentos em saúde pública. Ela sugeriu aos telespectadores que entrassem no site do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para comprovar sua afirmação. A página acabou ficando fora do ar.

Aécio apresentou sua defesa sob o argumento de que o Ministério da Saúde do governo petista classificou a saúde de Minas Gerais como a melhor do Sudeste e usou sua primeira pergunta para falar do que chamou de “ataques cruéis” da campanha do PT. O tucano negou a intenção de acabar com o programa Bolsa Família, que considera um desenvolvimento do Bolsa Escola de FHC. Dilma acusou o adversário de criar “fábulas” ao tentar atribuir ao governo tucano o nascimento do programa social.

No tema da corrupção, Aécio lembrou do escândalo da Petrobras e da delação premiada do ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, ao considerar que a petista apenas repudiou a divulgação de denúncias feitas pelo acusado de um esquema de pagamento de propina envolvendo contratos da estatal. Dilma voltou a dizer que garantiu autonomia para a Polícia Federal trabalhar e se referiu aos trabalhos da Operação Lava Jato como “minha investigação”.

A presidente aproveitou o tema para perguntar a Aécio Neves sobre a construção do aeroporto na cidade de Cláudio (MG), suspeita de irregularidades. O tucano chamou a petista de “leviana” e lembrou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou arquivar a investigação criminal sobre o caso.

Em outra ocasião, Dilma acusou Aécio de praticar nepotismo por, segundo ela, nomear parentes para cargos públicos. O tucano desafiou a adversária a apresentar provas de que teria cometido tal irregularidade.

Ao puxar o debate para a economia, Aécio explorou a fala do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, que sugeriu a troca da carne por ovo na mesa dos brasileiros em um comentário sobre a taxa mensal da inflação. Dilma evitou chamar a frase “infeliz”, como fez em entrevista a jornalistas na segunda-feira, e jogou a discussão para o governo Fernando Henrique, mais precisamente na gestão de Armínio Fraga no Banco Central, nome que o tucano quer para ministro da Fazenda.

“É preciso ter humildade para admitir que vocês fracassaram na condução da política econômica”, cobrou Aécio. “Eu acredito que com o mesmo cozinheiro vocês não vão entregar um prato diferente”, respondeu a petista.

No terceiro bloco, a presidente surpreendeu ao perguntar para Aécio Neves sobre violência contra mulher e se o tucano acabaria com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, que ganhou status de ministério durante o governo Lula. Aécio, defensor do corte de pastas do governo, respondeu que não é preciso ter um ministério para priorizar certas políticas e disse que o PT não pode tentar se apropriar da lei Maria de Penha, aprovada pelo Congresso.

Em meio às trocas de acusações, um dos raros momentos de intercâmbio de ideias e propostas foi no campo da educação. Dilma defendeu uma flexibilização na reprovação de alunos, para repetirem apenas disciplinas nas quais forem reprovados, enquanto Aécio defendeu o critério de meritocracia para premiar professores com bom desempenho.

*****

Link permanente Deixe um comentário

Campo Grande, MS, deve ter mais um dia de muito sol e sensação de ‘abafamento’, diz previsão

15/10/2014 at 10:59 (*Liberdade e Diversidade)

calor

15/10/2014

Tatiana Lemes / Midiamax News

O sistema de alta pressão continua estacionado no oceano e deixa a temperatura alta nesta quarta-feira (15) em Mato Grosso do Sul. O dia já amanhece quente na maioria das regiões do Estado.

De acordo com o Cemtec-MS (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos), a umidade relativa do ar ficará baixa, em estado de alerta, entre 10% e 15% em Três Lagoas, Coxim, Sidrolândia, Cassilândia e cidades próximas.

No Pantanal mínima de 27°C e máxima de 40°C, no norte entre 26°C e 41°C, no sul oscila entre 23°C e 38°C, no leste marca 23°C e 38°C, no bolsão registra 23°C e 36°C, no sudoeste entre 26°C e 40°C e no cone sul não atinge 23°C e 37°C.

Em Campo Grande o sol vai predominar com sensação de abafamento à tarde. Os termômetros registram mínima de 25°C e máxima de 39°C. A umidade relativa do ar ficará entre 10% e 15%.

*****

Link permanente Deixe um comentário

Next page »